Buscar
  • Doutor Plástica SP

O maior erro na hora de fazer uma cirurgia plástica: Expectativa X Realidade

Atualizado: Abr 28


A cada ano mais pessoas recorrem à cirurgia estética em todo o mundo. Em 2019, o Brasil foi o país onde mais se fez este tipo de cirurgia. Segundo dados da Sociedade Internacional de Cirurgia Plástica Estética, ISAPS, em inglês, foram realizados quase 1,5 milhão de procedimentos cirúrgicos no país, 13,1% do total no mundo.


A pesquisa divulgada em dezembro de 2020, revelou também que as três cirurgias mais realizadas no Brasil foram lipoaspiração, aumento de mama e abdominoplastia.


Expectativa X Realidade


Quando a decisão pela cirurgia é tomada de forma consciente, com a expectativa de acordo com a realidade, o resultado pode trazer grandes benefícios e melhora na autoestima e qualidade de vida do paciente. É preciso levar em conta os riscos inerentes a todos os tipos de intervenções e o objetivo real da cirurgia.


Não se deve fazer uma cirurgia para agradar a uma outra pessoa



Quando a decisão pela cirurgia é tomada de forma consciente, o resultado pode trazer grandes benefícios e melhora na autoestima e qualidade de vida do paciente. Expectativas exageradas, que não levam em conta aspectos reais que envolvem qualquer procedimento cirúrgico, como cuidados com o pós-operatório e cicatrizes, podem provocar uma frustração equivocada


MAIOR ERRO: Fazer uma cirurgia para agradar uma outra pessoa


Sobre a ISAPS - A Sociedade Internacional de Cirurgia Plástica Estética (ISAPS) é o maior órgão profissional do mundo para cirurgiões plásticos estéticos certificados. Clique no link abaixo e confira todos os resultados da pesquisa:


https://www.isaps.org/medical-professionals/isaps-global-statistics/


FONTE: International Society of Aesthetic Plastic Surgery (ISAPS)


13 visualizações